E-mail  |  Cadastro   |  Login   |  Mapa do Site  |  Home
Busca
Biointeratividade > Discussão por email > Discussão
Discussão  Voltar

Selecione uma das categorias abaixo para navegar pela Lista de Discussão
por E-mail Riscobiologico.org:




Resíduos de Serviços de Saúde

Gerenciamento de resíduos grupo E

Bom dia a todos.

Gostaria de saber como vocês gerenciam os resíduos do grupo E (perfuro cortantes). Há problema de colocar os recipientes dentro de sacos leitosos, para assim evitar o risco de possíveis rupturas na caixa? Os resíduos perfuro cortantes, por exemplo que entraram em contato com material biológico são tratados de forma diferente no seu destino final? Digo isso, pois a preocupação é de que ao colocar dentro de sacos leitosos, há a perda de identificação do grupo.

Att.

RENAN CHAVES DE LIMA
Analista da Qualidade - Biomédico

 

-------------------------------------------------------
O conteúdo das mensagens é de inteira responsabilidade do autor do e-mail.

 


Enviada por Renan Chaves de Lima, em 24/05/2018


Resíduos de Serviços de Saúde - Perfurocortantes (1 )

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

Bom dia!
Aqui na instituição que trabalho colocamos as caixas de perfuro fechadas em bombonas de 200L disponibilizadas pela própria empresa que recolhe e trata.
Att
Raphaella (Enfª da CCIH)

.........................

Prezados (as) Senhores (as) bom dia!
Conforme o relato da nossa colega Marlise no RJ os resíduos do grupo A4 tem o mesmo tratamento e destinação final que os resíduos do grupo A1, visto que é exigido pela própria empresa de coleta e transporte... Não tenho conhecimento de nenhuma empresa no RJ que realize as coletas dos resíduos infectantes A1 e A4 separadamente.
Algum posicionamento diferente em relação a esse assunto???
Aguardo o retorno,
Desde já agradeço!
Keylla Rodrigues
Gestora
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 25/05/2018


Resíduos de Serviços de Saúde - Perfurocortantes (2 )

Renan, sua pergunta é muito inteligente. O coletor de perfuro, uma vez dentro do saco, acaba não sendo identificado como perfurocortante.
A ANVISA, ao criar o grupo E, em 2004, não estabeleceu uma simbologia de risco específica. Pela RDC 222, o grupo E deve ser identificado com o símbolo de infectante, químico e/ou radioativo, conforme o caso. Por esse raciocínio, não parece haver problema em colocar o coletor dentro do saco branco, também identificado como infectante, mas...
O problema é que com o coletor dentro do saco, os trabalhadores não vão poder saber que estão lidando com perfurocortantes. Para piorar, as caixas de papelão são extremamente frágeis e não suportam a umidade, especialmente pelo lado de fora. Dentro do saco, não
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vital Ribeiro, em 29/05/2018


Resíduos de Serviços de Saúde - Perfurocortantes (3)

Vital Ribeiro,
Obrigado pelo posicionamento. A ideia realmente é solicitar ao serviço de coleta a disponibilização dos contêineres.
Att.
Renan de Lima
Analista da Qualidade - Biomédico


Respondida por Renan Chaves de Lima, em 30/05/2018

 
Discussão por email
O que é a lista de discussão?
Formulário
Discussão
 
 


 
 


Riscobiologico.org - Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.          criação: AldeiaCom