E-mail  |  Cadastro   |  Login   |  Mapa do Site  |  Home
Busca
Biointeratividade > Discussão por email > Discussão
Discussão  Voltar

Selecione uma das categorias abaixo para navegar pela Lista de Discussão
por E-mail Riscobiologico.org:




Resíduos de Serviços de Saúde

Bom dia,

Trabalho em um laboratório de análises clínicas, que já possui o Gerenciamento de Resíduos implantando a algum tempo. O processo está indo a contento, mas soube, por parte de algumas pessoas, que já há atualizações para serem feitas no projeto. Como sei que ainda é um processo em amadurecimento em todos os estabelecimentos, gostaria de saber até que ponto essas atualizaçoes são necessárias e no que elas consistem!

Aguardo retorno!

Abraço,

Mariana Ferraz

Ass. da Qualidade

LABO Laboratório Oliveira Ltda

------------------------------------

O conteúdo das mensagens é de inteira responsabilidade do autor do e-mail.
Enviada por , em 18/10/2004


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento

Cara Mariana e demais colegas de lista interessados em RSS

Tenho andado meio distante da lista e, sempre que vejo o assunto RSS fico querendo participar, mas a falta de tempo tem me impedido, ao menos por enquanto.

A publicação de RDC 33 da ANVISA em 2003 iniciou um processo de debate que colocou em questão a política de RSS que temos atualmente no Brasil, motivando inclusive a revisão da resolução CONAMA 283/2001, até então o único regulamento específico, a nível nacional, nessa área (em conjunto com a resolução CONAMA 05/1993). Quem tinha um plano de gerenciamento de RSS anterior à RDC 33, deve estar, necessariamente, repensando tanto os aspectos operacionais quanto os conceitos adotados.


[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vital Ribeiro, em 19/10/2004


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento

SAÚDO A TODOS !!1

Mais uma vez Vital Ribeiro dá-nos uma brilhante síntese da realidade sobre os RSS. A pertinência de seu discurso deixa-me feliz por explorar as contradições existentes no setor , contradições essas que muitos têm interesse que existam pois não querem mesmo que a coisa fuincione. É por essas e outras , inclusive os comentários recentes de Cussiol , em BH, assim como os caminhos "tortuosos" que envolvem empresas de coleta de resíduos com a conivência dos gestores municipais onde criaram oligopólios estabelecendo preços estratoféricos que inviabilizam medidas de natureza sanitária que visam preservar a vida e o meio ambiente , é que ando meio que sem tesão de intervir quando alguém, fala sobre RSS.Prefeituras estão cobrando por
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Paulo R Rebello, em 22/10/2004


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento

Aplausos ao Sr. (Dr?) Vital Ribeiro,

Conhecimento e sabedoria só se concretizam quando compartilhados!

Obrigado pelas valiosas informações.

Saudações.

Elenir Paula Antunes de Lima

TST - Santa Casa de Fernandópolis - SP

22/10/2004


Respondida por Elenir P A de Lima, em 25/10/2004


Resíduos de Serviços de Saúde - Plano de Gerenciamento

Ola colegas da lista.

Parabenizo os colegas PAULO ROBERTO REBELLO, SES/RJ, VISA-EAD/ENSP-FIOCRUZ e Vital Ribeiro, Centro de Vigilância Sanitária - CVS-SES-SP, pelos seus bilhantes discursos sobre os RSS, aqui em Brasília-DF, temos a LEI No 3.359 que que rege a elaboração do PGRSS, mas não dá nenhuma estrutura, roteiro ou ideia com faze-lo e infelizmente alguns atendentes dos orgãos distritais nem sabem que existe.

Mas pergunto a todos da lista e a coordenação do RISCOBIOLOGICO o Técnico em Segurança do Trabalho pode elaborar o PGRSS?

Fico agurdando a resposta de todos que possam responder.

um grande abraço

Haroldo Sampaio

TÉC. Seg. Trabalho.

Brasília-DF


Respondida por Haroldo Sampaio, em 25/10/2004

 
Discussão por email
O que é a lista de discussão?
Formulário
Discussão
 
 


 
 


Riscobiologico.org - Copyright © 2024. Todos os direitos reservados.          criação: AldeiaCom