E-mail  |  Cadastro   |  Login   |  Mapa do Site  |  Home
Busca
Biointeratividade > Discussão por email > Discussão
Discussão  Voltar

Selecione uma das categorias abaixo para navegar pela Lista de Discussão
por E-mail Riscobiologico.org:




Doenças emergentes, alertas sanitários

Qualidade do Ar em EAS

Pessoal o tema é preocupante, em todo Brasil, a instalação de hospitais de campanha, e de hospitais já existentes,

Os Equipamentos de Proteção Individual, o EPI é importante( individual, quer dizer que apenas a pessoa deve utilizar, e não repassar para outro colega, como se fosse comunidade), porém, o Equipamento de Proteção Coletiva, o EPC é mais importante ainda, o EPC sempre que possível, vem 1º, ele é prioridade, pois atinge mais pessoas numa área, tenho visto e presenciado a correria de governos e patrões sobre a distribuição de EPIs para trabalhadores, porém se esquecem da prioridade de ter um local seguro com ar respirável e de qualidade, e baixa contaminação, a filtração do ar, se o hospital não tiver um plano rígido de controle da qualidade do ar que se respira muitas vidas, inclusive de profissionais que trabalham na linha de frente podem vir a se contaminar, e vir a óbito devido a infecções respiratórias, pois o sistema de climatização não está filtrando o ar cfe determina a Lei, e padrões, valores, parâmetros, normas e procedimentos necessários à garantia da boa qualidade do ar interior, inclusive de temperatura, umidade, velocidade, taxa de renovação e grau de pureza como determina as normas vigentes. A LEI Nº 13.589, DE 4 DE JANEIRO DE 2018.

Dispõe sobre a manutenção de instalações e equipamentos de sistemas de climatização de ambientes. Art. 1º Todos os edifícios de uso público e coletivo que possuem ambientes de ar interior climatizado artificialmente devem dispor de um Plano de Manutenção, Operação e Controle - PMOC dos respectivos sistemas de climatização, visando à eliminação ou minimização de riscos potenciais à saúde dos ocupantes. Art. 3º Os sistemas de climatização e seus Planos de Manutenção, Operação e Controle - PMOC devem obedecer a parâmetros de qualidade do ar em ambientes climatizados artificialmente, em especial no que diz respeito a poluentes de natureza física, química e biológica, suas tolerâncias e métodos de controle, assim como obedecer aos requisitos estabelecidos nos projetos de sua instalação.
Parágrafo único. Os padrões, valores, parâmetros, normas e procedimentos necessários à garantia da boa qualidade do ar interior, inclusive de temperatura, umidade, velocidade, taxa de renovação e grau de pureza, são os regulamentados pela Resolução nº 9, de 16 de janeiro de 2003, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA, e posteriores alterações, assim como as normas técnicas da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Art. 4º Aos proprietários, locatários e prepostos responsáveis por sistemas de climatização já instalados é facultado o prazo de 180 (cento e oitenta) dias, a contar da regulamentação desta Lei, para o cumprimento de todos os seus dispositivos.

Art. 5º Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação. foi publicado em Brasília, 4 de janeiro de 2018, ou seja foi dado aos patrões de hospitais, 6 meses ou 180 dias para sua aplicação, estamos a aproximadamente 2 anos da data máxima Julho de 2018, para todos os estabelecimentos adotarem o PMOC, e as normas cfe pela Resolução nº 9, de 16 de janeiro de 2003, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA, e posteriores alterações, assim como as normas técnicas da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas.

E foram ??? Tenho visto hospitais de campanhas, hospitais feito as pressas, e hospitais já em funcionamento com splits e de janela, mais a pergunta, o sistema de climatização destes Estabelecimentos Assistenciais de Saúde os EAS, como estão, em termos de qualidade do ar respirável ??? ele está operando dentro das normas vigentes ??? estão utilizando filtros HEPA, ou outros filtros mais eficientes na filtragem ???

https://linterfiltros.com.br/a-importancia-dos-filtros-absolutos-hepa-nos-hospitais/

at

Bartolomeu Dias

 

O conteúdo das mensagens é de inteira responsabilidade do autor

 


Enviada por Bartolomeu Dias, em 18/05/2020


COVID-19 - Equipamento de Proteção Coletiva (1)

Ótima observação.

Ivan

 

-------------------------------------------------------

 


Respondida por Ivan, em 19/05/2020


COVID-19 - Equipamento de Proteção Coletiva (2)

Qualidade do Ar interior de EAS

Pessoal eu novamente, vejam só: a fonte é https://pebmed.com.br/estudos-comprovam-que-novo-coronavirus-pode-ser-transmitido-pelo-ar-sem-contato-fisico/

Não é bem assim, e tão simples. A prioridade é o EPC, tais como PMOC em dia; Análises Fisico Quimico e biológica do Ar interior; taxa de renovação do Ar. O EPI é coadjuvante.

Bartolomeu Dias


-------------------------------------------------------

 


Respondida por Bartolomeu Dias, em 01/06/2020


COVID-19 - Equipamento de Proteção Coletiva (3)

Pessoal boa noite.

Tenho numa unidade de saúde uma sala sem janela, qual norma eu poderia me basear pasta realizar um relatório ??

Eu li abaixo uma Lei. Seria nela /? Pensei na RDC 50.

Podem me ajudar ??

Grata

Mensagem encaminhada pela colega Fernanda

 

-------------------------------------------------------

 


Respondida por Fernanda, em 08/06/2020


COVID-19 - Equipamento de Proteção Coletiva (4)

[ Riscobiologico.org - Diferentes emails foram agrupados nesta mensagem. ]

 

Bom dia!

Que tipo de sala é esta? Você não especificou, dentro de uma instituição de saúde pode sim haver muitos ambientes sem janela...nestes locais são utilizadas climatização artificial (ar condicionado).

A RDC 50 pode sim auxiliar...

Valmir

 

.........................

 

Olá, colega! Esta sala tem ar condicionado?

Se tiver, devemos seguir a Resolução ANVISA RE 9/2003 que trata sobre qualidade do ar interior em ambiente climatizados, com controle da qualidade do ar, com base nos ensaios de:

Contagem de bioaerossóis - fungos
Medições de temperatura, umidade, velocidade do ar, taxa de renovação
Contagem de aerodispersóides (partículas e gotículas) e CO2.

Manter PMOC atualizado (plano de monitoramento) e procedimentos de limpeza dos equipamentos de ar e troca de filtros, etc.

Atenciosamente,

Belinda de Cássia
[ + ] Exibir tudo


Respondida por Vários autores, em 09/06/2020


COVID-19 - Equipamento de Proteção Coletiva (5)

PNC!!!

E aí pessoal o que vcs acham desta ideia de isolar o risco biológico, com a Cápsula Vanessa, é o que nos do SESMT temos como prioridade, isolar o risco, uso do EPC, depois se pensa no EPI, qdo não der usamos os 2 combinados EPC+EPI, será que agora num podemos isolar o risco biológico no ambiente de EAS, lembrei do PMOC, e as Análises da qualidade do Ar respirável interior.

At

Bartolomeu Dias


-------------------------------------------------------

 

 


Respondida por Bartolomeu Dias, em 12/08/2020


COVID-19 - Equipamento de Proteção Coletiva (6)

PNC!!!

https://www.correiobraziliense.com.br/cidades-df/2020/09/4878729-covid-19-universitarios-criam-aparelho-que-elimina-o-virus-do-ar.html

At

Bartolomeu Dias

 


------------------------------------------------------

 

 


Respondida por Bartolomeu Dias, em 01/10/2020

 
Discussão por email
O que é a lista de discussão?
Formulário
Discussão
 
 


 
 


Riscobiologico.org - Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.          criação: AldeiaCom